sexta-feira, 28 de setembro de 2007

FLIPORTO E MUITO MAIS

Ontem foi a vês dos latinos, da salsa, e do espanhol na casa Latino América, muito swing e descontração marcaram o transito de todos os presentes, já para hoje sexta(28/09) chega a “Noite Brasil” com o diretor Breno Silveira que estréia o documentário “Mar Sem Fim”, outro destaque o nosso Nelson Motta autografando seu mais novo livro “Tim Maia, e quem coloca o público a dançar são o Tim Maia cover e Banda com o cantor Marcelo Brasileiro, Show com a banda Mula Manca e o DJ Rogério”.

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

11 personalidades ilustres ligadas à literatura, às artes e às lutas democráticas na América Latina essa entre outras será uma das particularidades da Fliporto 2007 marcando a cultura e a história dos países latino-americanos com suas obras e feitos.

100 Centenário de Frida Kahlo

A pintora Frida Kahlo nasceu no dia seis de julho de 1907, no México. Com seis anos contraiu poliomielite, doença que a deixou com uma lesão no pé direito. Anos depois, quando já havia superado o fato de ser portadora de deficiência física, sofreu um acidente que lhe causou múltiplas fraturas, levando-a a passar por várias cirurgias e obrigando-lhe a um longo período de imobilidade. Durante sua convalescença, começou a pintar. Entre o primeiro auto-retrato, e a sua morte no dia 13 de julho de 1954, Kahlo produziu cerca de 200 quadros. Através de cores vibrantes, reproduziu principalmente seus dramas pessoais: a relação conturbada com o muralista Diego Rivera, o sofrimento, a destruição, a mutilação e a perda, que tanto marcaram sua vida. Ao ser questionada sobre um possível surrealismo de seus quadros, Frida dizia: “Nunca pintei sonhos, só pintei a minha própria realidade".

Consciente de sua importância enquanto figura pública, Frida Kahlo foi revolucionária, libertária e politicamente engajada na luta pela revolução comunista nas Américas. Admirava as idéias de Marx e Engels. Endeusava Lênin e recebeu Trotsky em sua casa, a Casa Azul, e com ele teve um caso amoroso. Frida Kalho tornou-se referência da força feminina. Com seu estilo único, ficou caracterizada por suas saias longas indígenas, seus cabelos penteados com torçais de lã de cores brilhantes ou com um toucado tlocoyal. Vaidosa, sempre enfeitava-se com anéis, colares e brincos de ouro, jadeíta, pérolas e conchas, muitos dos quais incorporavam símbolos e hieróglifos da cultura mexicana, em especial a Azteca. Entre suas obras destacam-se "Auto-retrato em um vestido de veludo" (1926), "retrato de Miguel N. Lira" (1927), "retrato de Alicia Galant" (1927),"retrato de minha irmã Christina" (1928),"A Coluna Partida" (1944), "O Camião" (1929), "Unos Quantos Piquetitos" (1935), "Hospital Henry Ford" (1932) e "Auto-Retrato com Macaco" (1945).

80 anos de Ariano Suassuna

Ariano Vilar Suassuna nasceu na então Cidade da Paraíba, atual João Pessoa, no dia 16 de junho de 1927, e aos 15 anos veio morar com a família no Recife, onde reside até hoje. Dramaturgo, romancista, poeta, ensaísta, defensor incansável da cultura popular, das raízes brasileiras e, especialmente, nordestinas, o paraibano/pernambucano Ariano Suassuna é considerado por muitos o maior prosador vivo da Literatura Brasileira. O escritor é formado em Direito e Filosofia, com doutorado em História, pela Universidade Federal de Pernambuco, onde foi professor por 32 anos e diretor do Departamento de Extensão Cultural. Com o amigo Hermilo Borba Filho, fundou o Teatro de Estudantes de Pernambuco. Sua obra mais famosa, “Auto da Compadecida”, já foi montada por vários grupos de teatro de todo o País, além de ter sido adaptada para a TV e cinema. Mas foi com as peças “Uma mulher vestida de sol” e “Auto de João da Cruz” que ganhou prêmios teatrais importantes.

Ariano Suassuna foi o idealizador do Movimento Armorial, que teve como objetivo criar uma arte erudita a partir de elementos da cultura popular do Nordeste Brasileiro. Tal movimento procura orientar para esse fim todas as formas de expressões artísticas: música, dança, literatura, artes plásticas, teatro, cinema, arquitetura, entre outras expressões. O escritor já teve obras traduzidas para inglês, francês, espanhol, alemão, holandês, italiano e polonês. É integrante da Academia Brasileira de Letras, na qual ocupa a cadeira 32. Na Academia Pernambucana de Letras tem assento na cadeira 18. Ariano Suassuna é hoje secretário de Cultura do Governo do Estado de Pernambuco.

80 anos de Gabriel García Márquez

Jornalista, editor e escritor, Gabriel José de la Concordia García Márquez nasceu na cidade de Aracataca, na Colômbia, no dia 6 de março de 1927. Cresceu ao lado de seus avôs maternos. Estudou num colégio jesuíta e posteriormente iniciou o curso de Direito, logo abandonado em virtude de seu trabalho como jornalista. Aos 27 anos foi para Roma, como correspondente do jornal onde escrevia, e desde então tem vivido em várias cidades a exemplo de Paris, Nova Iorque, Barcelona, Havana e Cidade do México, em uma espécie de exílio compulsório.

Escritor consagrado mundialmente, Gabriel García Márquez é conhecido pela peculiaridade da forma com que trata sua obra, definida como "realismo mágico" e que consiste em abordar feitos fantásticos do ponto de vista de determinadas culturas que os consideram normais. Em 1967, publicou seu livro mais aclamado, Cem anos desolidão, história que narra as vivências da família Buendía em Macondo, cidade fictícia. Maior sucesso do autor, traduzida em 35 idiomas e com venda calculada em mais de 30 milhões de exemplares, a obra é considerada uma grande referência do realismo mágico.

Em 1982, García Márquez ganhou o Prêmio Nobel de Literatura. O prêmio representou não apenas a sua consagração internacional, mas também a de toda a literatura americana em língua castelhana, que viveu um processo de expansão e reconhecimento na segunda metade do século XX. Um dos mais lidos e estimados escritores da América-latina, Gabriel García Márquez é hoje tão universal como os maiores mestres do romance moderno e está entre os nomes gloriosos da literatura.

O escritor é presidente do Conselho Editorial e um dos propietários da Revista Cambio, na Colômbia. Em 2002, publicou sua autobiografia intitulada Viver para contá-las, a qual os críticos classificaram como uma obra muito bem escrita, trazendo riqueza de detalhes. Apesar de seu talento como ficcionista e premiado escrito profissão de jornalista. Mas García Márquez é acima de tudo um escritor de esquerda, simpatizante do marxismo - amigo do presidente cubano Fidel Castro -, militante de causas sociais, enfim, um humanista engajado.

30 anos sem Clarice Lispector

Clarice Lispector nasceu na Ucrânia, em 1920, mas alguns anos depois, mudou-se para o Brasil com os pais e as duas irmãs instalando-se em Recife, onde passou grande parte da sua infância. Após a perda da mãe, foi morar com a família na cidade do Rio de Janeiro. Em 1942, escreveu seu primeiro romance, Perto do coração selvagem. Um ano depois, casou-se com o colega da faculdade de Direito, Maury Gurgel Valente, que pouco tempo depois ingressou na carreira diplomática e foi morar na Europa, com a escritora.

Nos textos de Clarice é constante a necessidade de questionar, de perguntar sobre a vida, sobre a morte, sobre o amor. Com uma escrita peculiar, abordava magnificamente os conflitos interiores, a solidão e a busca pela essência do humano, optando pela transcendência das palavras, pela construção além do entendimento lógico, para o campo do desejo, do ser, do sentir. Conhecida por escrever suas obras e não mais lê-las após publicá-las, acreditava que à medida que criava e transformava seus textos esses permaneciam vivos e faziam sentido para si. Uma vez finalizada, eram obras mortas. Faleceu em 1977, um dia antes do seu 57° aniversário, vitimada por uma súbita obstrução intestinal, de origem desconhecida que, depois, veio-se a saber, ter sido motivada por um adenocarcinoma (Câncer) de ovário irreversível.

Nélida Piñon o presumível coração da América

Nélida Piñon nasceu em 1937, no Rio de Janeiro. Sua família é originária da Galiza, vivendo no Brasil desde 1920. Fato este importante de ser lembrado, já que em sua obra é constante o amor não só pelo Brasil, mas também pela Galiza. Nélida é jornalista, romancista, contista, professora universitária no Brasil e no exterior. Tem obras, publicadas em mais de 20 países e traduzidas para dez idiomas, além de ter recebido vários prêmios literários nacionais e internacionais, entre eles o Prêmio Internacional de Literatura Juan Rulfo, o mais importante da América Latina e do Caribe, concedido pela primeira vez a uma mulher e a um autor de língua portuguesa, em 1995. Foi a primeira mulher a presidir a Academia Brasileira de Letras, ocupando hoje a cadeira de número 30, pertencente anteriormente a Aurélio Buarque de Holanda. Sua estréia na literatura foi com o romance Guia-mapa de Gabriel

Arcanjo, de 1961, que trata do tema do pecado, do perdão e da relação dos mortais com Deus, através do diálogo entre a protagonista e seu anjo da guarda. Seus trabalhos são caracterizados pela defesa aos direitos humanos, especialmente aos das mulheres, sendo bastante consciente do seu papel de escritora enquanto ser social, político e cultural, trazendo à tona a reflexão, para seus leitores, sobre a realidade do País. Nélida Piñon possui prosas ricas em registros, que promovem uma releitura das distintas tradições e raízes culturais do continente.

Abreu e Lima e a América Latina

Nascido no Recife, no dia seis de março de 1794, José Inácio de Abreu e Lima foi um militar, político, jornalista e escritor. Mesmo sendo brasileiro, participou com destaque das guerras de independência da América espanhola. Devido a isso, é conhecido com maior notoriedade como general Abreu e Lima por ter sido um dos generais de Simón Bolívar, um dos principais líderes pela libertação da América espanhola. Abreu e Lima saiu do Brasil, após a execução de seu pai, o Padre Roma (ex-sacerdote que abandonou a batina para casar-se), devido ao seu envolvimento na Revolução Pernambucana. Naquela época, as ordens de Portugal não limitavam suas punições aos réus de crime de lesa-majestade, mas impunham-nas até a segunda geração.

O então jovem militar incorporou-se ao exército de Bolívar, com a patente de capitão, e participou das batalhas decisivas pela libertação da Venezuela e Colômbia. Considerado um dos heróis da independência da Venezuela, ele tem maior reconhecimento nesse país do que no Brasil. Com a morte de Bolívar, e o não reconhecimento de sua patente pelo governo do general Santander, que o sucedeu, abandonou a Colômbia. Esteve nos Estados Unidos, na Europa e, em seguida, retornou ao Brasil, fixando residência no Rio de Janeiro.

Historicamente, Abreu e Lima é uma figura complexa. Mesmo tendo participado ativamente do movimento comandado por Bolívar (de base republicana), ao voltar para o Brasil foi um forte defensor da monarquia. Retornando a Pernambuco, foi preso sob a acusação de envolvimento na Revolta Praieira. Libertado, dedicou-se apenas à literatura ensaísta, defendendo idéias inspiradas no socialismo utópico francês. Publicou, entre outros, os livros "Compêndio de História do Brasil" e "O Socialismo". Também colaborou em vários jornais pernambucanos, entre os quais Diario de Pernambuco, Diário Novo e Bade São Pedro. O general Abreu e Lima morreu no dia oito de março de 1869, no Recife.

terça-feira, 25 de setembro de 2007

CASA LATINO-AMÉRICA

REDUTO DE TODAS AS ARTES

Como já se sabe nesta sua terceira edição, o FLIPORTO ganha porte internacional, enfocando a produção literária da América Latina, nesse sentido uma das novidades mais aguardadas e democráticas a (CASA LATINO-AMÉRICA) vai ser um conglomerado cultural, onde todas as artes estarão manifestando-se estimulando a integração e a troca de idéias entre os literatos e o público que está participando da feira.

Apresentações cênicas, musicais e exposições, palestras, saraus, shows, noites de autógrafos, lançamento de documentários, charutaria conviverão na mansão que funcionará à beira-mar como ponto de encontro de artistas e escritores.
Com capacidade para receber 250 pessoas por dia, a estrutura reunirá em si mundos e concepções diferentes, possibilitando um leque imaginário sobre as mais diversas formas de expressão, particulares e artísticas, sendo o cenário ideal para o encontro entre cultura e artes.
Dentro da casa, ambientes dedicados à latinidade como a Charutaria com decoração de imagens estampadas de Che Guevara e Frida Kahlo e lounges para abrigar exposições, abertos a convidados e ao público em geral, mediante pagamento de ingresso, ademais de cinema e boate abrigará apresentações culturais e lançamentos de livros.
Os interessados em informações acerca da compra de convites podem esclarecer suas dúvidas através do Help Desk da Lead Assessoria através do telefone (81) 3242.1572, o ingresso garante aos convidados, acesso a todos os ambientes, serviço é all inclusive: coquetel volante e bebidas.
Na quinta-feira (27/09) a Noite da Latinidade abrirá a casa, a apresentação da peça “Frida Kahlo na República Tropical”, da Trupe Poética, e a exibição do documentário “Great Day In Cuba”, dos diretores Laurien Shaah e Geo Darder darão o ponta pé inicial junto o escritor Manoel Maia e o jornalista José Teles promovem noite de autógrafos, Teles apresenta o título “O Veado e a Banheira de Espuma” e Manoel Maia autografa o seu recém-lançado 'Fênix', obra autobiográfica, também dentro das atrações da noite às exposições com pinturas de Maurício Arraes e Esculturas de Carcará, a Banda Alma Latina e o DJ NK Kumbia.
Na sexta (28/09), teremos a “Noite Brasil” o diretor Breno Silveira faz a estréia do documentário “Mar Sem Fim”, sobre a vida do navegador Amyr Klink, já na charutaria o jornalista, escritor e letrista Nelson Motta autografa seu mais novo livro “Tim Maia”, presença dos embaixadores do vôlei e medalhistas olímpicos Alexandre Negrão, Maurício e Carlão, completam a noite o “Recital dos Poetas Latino-Americanos” com Jessier Quirino ensaiando o coro com os poetas Antônio Marinho e Jr. do Bode, Tim Maia cover e Banda com o cantor Marcelo Brasileiro, Show com a banda Mula Manca e o DJ Rogério.
No sábado (29/09), “Viva as Mulheres!”, com programação dedicada as mulheres à produção literária feminina e homenagem às grandes escritoras brasileiras. Cyra Ribeiro autografa o seu ‘Fotografando a Vida’ também acontece o recital poético “A Mulher na Literatura da América Latina”, além da apresentação do documentário “Clarice”. A atriz Maria Zilda Bethlem fará participação especial, na projeção de seu filme ‘Minha Vida em Suas Mãos’.
Também teremos a apresentação do livro “Entre os ossos e a escrita”, da atriz, jornalista e escritora Maitê Proença título que reúne os melhores artigos publicados por ela na coluna homônima que ela escreve na revista Época. A noite ainda contará com a apresentação de artistas populares de Porto de Galinhas Índia Mãe da Lua; Maracatu Alfaias da Praia e Malabarista de Néon; Homenagem às mulheres na Literatura com esquete teatral dos atores da Literatrupe; Apresentação do balé feminino Cana Caiana; apresentação da Cantora Isabella Schneider além de shows com Pedro Quental, da banda The Roover e da Dj Lala K.
No domingo (30/09), fim do festival volta a “Noite Brasil” acontecendo a entrega do Prêmio Maximiano Campos, junto Imagens da Fliporto 2007 incluindo os homenageados e projeção dos vídeos selecionados no concurso ‘Poesia ao Vídeo’, a controversa Rachel Pacheco, conhecida pelo público como Bruna Surfistinha, lança “Escorpião Negro”, seu terceiro livro, o jornalista e poeta Marcelo Pereira, autografará o seu ‘Tatuagem’, já Hermilo Borba Filho e Ariano Suassuna ganham homenagem da Companhia de Artes Integradas com a encenação de “Pernambuco, terra da poesia”, a cineasta Kátia Mesel apresenta, o curta-metragem “Recife de Dentro para Fora”, inspirado na obra de João Cabral de Mello Neto. Também nesse dia, o poeta e colunista Orismar Rodrigues autografará o seu ‘Antologia Poética’, a noite será encerrada pela banda Som da Terra.
O endereço da CASA LANINO-AMÉRICA
(Lotes PQ, quadra 01, próximo às piscinas naturais)
Informações: Carol Alvim – Exclusiva!BR (81) 3222.9546 / (81) 9232.5870 Iara Lima – Exclusiva! BR (81) 3222.9546/ (81) 9989.9024

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

GASTRONOMIA LATINO-AMERICANA

Pela primeira vez na praia de Porto de Galinhas acontecerá o circuito gastronômico latino-americano uma das novidades do Fliporto - Festa Literária Internacional de Porto de Galinhas 2007, o evento literário que acontece de 27 a 30 de setembro, traz para sua terceira edição, uma aposta inovadora juntando 14 bares e restaurantes do balneário, que estarão oferecendo pratos com as influências dos países participantes da festa.

Tacos, Burritos, Quesadillas, Totopos (triângulos de tortilla fritos e crocantes acompanhados de molhos e recheios). Havanitos (charutos crocantes de carne, frango ou charque acompanhados de molhos como guacamole), Jambalaya, uma espécie de Paella. Empanadas ao forno, Carnes à la Parilla com salsa porteña, Cortes de tapa de cuadril (picanha), Bife de chorizo à moda. Pizza com molho picante Equatoriano, 'Tapiotaco'. Tortillas crocantes de tapioca acompanhadas de ensopado de siri e perfumadas ao leite de coco e pimenta de cheiro. 'Beijadilla' (uma quesadilla elaborada com tortillas de tapioca recheadas sob formato de sanduíche com camarões temperados com especiarias cobertos com queijo coalho derretido e castanhas de cajú),
Essas e outras delícias serão degustadas e oferecidas ao paladar de todos os que passarem em Porto nos dias do evento, tendo a chance de experimentar as iguarias atino-americanas mencionadas como do Perú no Expresso Sushi, do Chile no La Crêperie, do México no Beijupirá, da Venezuela no Capitão dos Mares, de Cuba no Santeria PE-09 , do Equador no Barroca e da Argentina nos Recanto Argentino e Picanha do Dada.

Informações e telefones dos restaurantes:
Centro de Informações Turísticas: (81)3552-1728

A LITERATURA ECOLOGICA

O tema também estará na grade de discussões, pela primeira vez, na Fliporto, o assunto que entrou na pauta de discussões, seja de governos, de campanhas publicitárias, do cinema, ou de astros do rock será deglosado no terceiro dia da Festa, sábado 29, no painel Literatura e Ecologia, com os escritores Márcio Souza, Vital Corrêa de Araújo e Aspásia Camargo.

Para falar sobre o tema, foi convidado também o amazonense Márcio Souza, que se tornou conhecido do grande público depois que seu livro Mad Maria (sobre a construção da ferrovia Madeira-Mamoré na Rondônia do início do século 20).

Segundo Lucila Nogueira, poetisa e coordenadora literária da Fliporto, o debate será mais do que natural, já que – o papel – como matéria-prima para fazer livros é proveniente das árvores se fazendo necessário discutir a utilização de material reciclado para a confecção dos mesmos em uma indústria crescente.

Para mais informação e curiosidades referentes ao evento é só visitar o http://www.fliporto.com/, o endereço, com registro internacional, já está no ar com todas e é bilíngüe (Português e Espanhol) e tem toda a programação do evento, com nome de escritores, palestrantes e a biografia dos homenageados, além de localização de Porto de Galinhas, dicas de hospedagem e gastronomia do balneário, “galeria de fotos” com belas imagens da praia e da Vila de Porto de Galinhas, por ele, os interessados em participar da Fliporto poderão se inscrever, fazer cadastro de recebimento de newsletter do evento e acompanhar todas as notícias da Fliporto 2007. podendo acompanhar painéis, palestras e as mesas de discussões literárias que terão transmissão on-line.

Os palcos dos principais painéis, palestras e mesas de discussões serão o Centro de Convenções do Hotel Armação localizado na praia de Muro Alto, em Porto de Galinhas, e o auditório do Restaurante Itaoca (Muru Muru) à beira mar da Vila de Porto de Galinhas.

O apoio institucional da FLIPORTO conta com o Governo de Pernambuco, a Prefeitura de Ipojuca, a Câmara Brasileira do Livro (CBL), a Rede Globo Nordeste, o Banco do Brasil e da Fundação Roberto Marinho.

Outras novidades a ser destacada para a FLIPORTO 2007 são:

O CONCURSO DE POESIA AO VÍDEO Oportunidade que a Fliporto 2007 oferece aos poetas ainda desconhecidos que pretendem divulgar suas obras na premiação para o primeiro colocado R$ 3 mil; para o segundo, R$ 2 mil; e oara o terceiro lugar, R$ 1 mil.

O FLIPORTINHO Que promove a formação de novos leitores, proporcionando às crianças e adolescentes alunos da rede pública de ensino do municipio de Ipojuca e filhos de participantes da Fliporto uma maior intimidade com a prática da leitura e da escrita literária, atrações como oficinas de literatura, salas de leitura e apresentações teatrais, também estarão dentro da programação as atividades serão durante as manhãs e tardes dos dias 27, 28, 29 e 30 de setembro 2007.

A CASA LATINO-AMÉRICA Montada em um casarão, a beira mar, na Vila de Porto de Galinhas espaço que oferecerá a estrutura para a programação social do evento abrigando as festas e apresentações de grupos artísticos.

A FEIRA DE LIVROS Estandes de diversas editoras e livrarias, em uma feira de livros, organizada pela Editora Bagaço, no calçadão da Vila de Porto de Galinhas.

O ESPAÇO ARENA / FLIPORTINHO Ambiente localizado na entrada de Porto de Galinhas e no qual serão realizadas as oficinas de literatura, aulas de leitura e apresentações teatrais que compõem a programação da Fliportinho.

LATINO AMÉRICA EM PERNAMBUCO

Neste ano a produção literária dos autores latino-americanos vai ser debatida e explorada, palestras, painéis, mesas-redondas, oficinas, lançamentos de livros, recitais poéticos, apresentações teatrais e musicais permitirão aos participantes conhecer, absorver e entender o universo literário, economico, politico, cultural e social da America Latina de uma forma mais esclarecedora para seus participantes sem preconceitos estabelecidos ou esteriotipos artificiais criados pela midia propagandista, jornalistica e globalizada, serão 170 escritores participantes, sendo 128 brasileiros e 42 estrangeiros, com 16 países da América Laina representados, além de escritores da Espanha e de Angola, todos estes reunidos num local de destino turístico no nordeste do Brasil rompendo com mito de eixo literário do país, restrito a Rio e São Paulo.

Entre os escritores estrangeiros confirmados, nomes de peso como Alex Pausides e Rito Ramón Aroche de (Cuba); Fabian Casas e German Cáceres de (Argentina); Martin Palacio Gamboa do (Uruguai); Fernando Rendón, Amparo Osorio e Luiz Eduardo Rendón da (Colômbia); Odi González e Arturo Corcuera do (Peru); José Maria Memet do (Chile); Maritza Jiménez e Miguel Márquez da (Venezuela); Ignácio Padilla do (México) e José Eduardo Agualusa de (Angola); além dos consagrados brasileiros Nélida Piñon, Antonio Carlos Secchin, Moacyr Scliar, Fernando Moraes, Thiago de Mello, Sábato Magaldi, Márcio Souza e Zuenir Ventura.

Um dos destaques será o Festivais de Poesia na América Latina, coordenado por José Maria Memet, do Chile com participação de Luiz Alberto Crespo, da Venezuela Alex Pausides, de Cuba e Fernando Rendón, da Colômbia, além disso o poeta pernambucano Marcus Accioly se apresentará duas vezes , na primeira com a leitura de seus versos e na segunda para fazer uma palestra intitulada “Latinoamérica”.Destaque também para Luiz Fernando Veríssimo que será a grande estrela do evento na sua terceira palestras de Luzilá Gonçalves Ferreira, Ronaldo Correia de Brito, Zuenir Ventura, Raimundo Carrero e Ariano Suassuna, também completam as atrações do festival. No referente às homenagens e celebrações destaques para:

Os 90 anos de nascimento de Hermínio Borba Filho, os 80 anos de Ariano Suassuna, os 80 anos de Gabriel García Márquez, o Centenário de Frida Kahlo, Abreu e Lima, 30 anos de falecimento de Clarice Linspector e Nélida Piñon.

Já para os painéis temáticos destacam-se:

Ecologia e literatura na América Latina, Latinidade e americanidade na visão de Gilberto Freire, A mulher e a literatura na América Latina, Panorâmica do conto da América Latina, A obra de Gabriel García Márquez etc.

O MAR ESTA PARA LIVROS

42 escritores de diversos países é o que a III Feira Internacional de Literatura de Porto de Galinhas (FLIPORTO) de 27 a 30 deste mês, traz para o balneário de Porto de Galinhas litoral sul de Pernambuco. Tendo na programação além da literatura, teatro, dança, recitais e até concurso de poesia ao vídeo a feira projeta o sentido de que as artes não têm fronteiras, se completando umas com as outras.

O evento idealizado e criado em 2005 por Eduardo Côrtes, neste ano tem como curador Antônio Accioly Campos, presidente do Instituto, Maximininiano Campos e coordenação geral do diretor da Publikimagem, Pablo Magalhães, Já para coordenação literária o evento contará com a escritora e poetisa Lucila Nogueira, além disso serão contratados mais de 80 profissionais para trabalhar na Festa Literária. Os organizadores contam, também, com o apoio do Governo do Estado, que mobilizará um efetivo policial dedicado exclusivamente ao patrulhamento do balneário de Porto de Galinhas.

A feira que superou as expectativas do ano passado com 10 mil visitações, pretende movimentar mais 30 mil pessoas na sua terceira edição, o qual ganha dimensão internacional, o faturamento estimado é de R$ 3,5 milhões.

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

2ª COPA BUNGE DE PANIFICAÇÃO

O pão nosso de cada dia, Quinta feira 13/09 foi feita à premiação da 2ª Copa Bunge de Panificação concurso nacional que visa revelar as melhores receitas de pão do país, na Etapa Regional Nordeste que aconteceu no Rose Beltrão Recepções, Paraíba e Pernambuco apresentaram suas criações.

A Bunge, em parceria com a Abip (Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria), concentraram no mesmo local proprietários, profissionais, executivos e imprensa para apreciarem as receitas e acompanhar a premiação numa cerimônia com direito a muitos aplausos e emoções. Entre os prêmios para o grande vencedor da etapa Nordeste uma TV de 21 polegadas e um DVD portátil, para a padaria onde ele trabalha decoração comemorativa para divulgar aos seus clientes que é a grande vencedora regional da Copa alem da oportunidade de participar da grande final nacional, que será realizada em novembro no Rio de Janeiro, onde os vencedores da Copa serão premiados com viagem e hospedagem para Portugal, para a realização de um curso especial de panificação.

Os 6 finalistas reunidos no Moinho Recife colocaram a mão na massa e prepararam suas receitas especiais, para analise do júri, na avaliação das receitas, o corpo de jurados seguiu critérios como sabor, criatividade, originalidade, utilização de conhecimentos técnicos, aparência, modernidade no acabamento e potencial de venda.

O vencedor considerado pelo júri o melhor dos estados de Alagoas, Paraíba e Pernambuco foi, o “Pão de Graviola com Morango” criado e produzido pelo padeiro George José da Silva, da Pan Leila Delicatessen, de Olinda/PE, a grande receita vencedora se destacou por apresentar a geléia de graviola com pedaços de morango como ingrediente especial, o mesmo levou ainda o prêmio da categoria Sabor.

Nas outras categorias o premiados foram:

Prêmio Sabor: Pão de Graviola com Morango, elaborado pelo padeiro George José da Silva, da Pan Leila Delicatessen , Olinda/PE.

Prêmio Receita Saudável: Pão Italiano Frescal com Granola, elaborado pelo padeiro Andreilson Francisco, da panificadora Planet Pão , Recife/PE.

Melhor Receita: Pão de Graviola com Morango, elaborado pelo padeiro George José da Silva, da Pan Leila Delicatessen , Olinda/PE.

Prêmio Aparência: Pão Italiano Frescal com Granola, elaborado pelo padeiro Andreilson Francisco, da panificadora Planet Pão , Recife/PE.

Prêmio Criatividade: Pão Trufas de Hortaliças, elaborado pelo padeiro Edvaldo Lira da Silva, da Rosarinho Delicatessen , Recife/PE.

CENÁRIO EMPRESARIAL NA FENNOPAM

A XI (FENNOPAM) Feira Norte e Nordeste de Panificação que finalizou na ultima sexta feira 14 de setembro com sucesso absoluto, sem duvida nos proporciona um novo olhar para o setor a panificação no Brasil o crescimento não e mais uma exclusividade cultural da região sul-sudeste do país, havendo uma grande evolução e profissionalismo no referente a produtividade, logística e comercialização na região norte e nordeste, e isso se reflete em números atualmente em Pernambuco são mais de 2 mil indústrias do segmento, garantindo o consumo de pão no estado.

É nesse sentido que o BLOG ARMANDO FUENTES & MUNDO LATINO entrevistaram os representantes das principais marcas participantes.

BUNGE ALIMENTOS Max Andrade Gerente Regional.

BLOG ARMANDO FUENTES & MUNDO LATINO:

Qual é o objetivo da Bunge na participação da XI FENNOPAM e qual é a expectativa de negócios e de relacionamento?, assim como, Qual os novos lançamentos de produtos?

Max Andrade:

É muito importante estarmos sempre presente em todos os eventos da panificação como a FENNOPAM da qual participamos desde seu primeiro episodio, a BUNGE tem como boa parte dos seus resultados ir até o panificador prestigiá-lo, além disso a feira também nos proporciona rever parceiros, fazer lançamentos de produtos neste caso as novas misturas para pão francês entre outros, por isso estamos aqui, para dar credito ao panificador e ele deve acreditar em si mesmo, nos da BUNGE estamos fazendo nossa parte participando e promovendo feiras, realizando a copa BUNGE DE PANIFICAÇÃO, com receitas de pão que esta na sua segunda edição, fazendo o premio EMPREENDEDORISMO e apoiando a profissionalização do setor

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

PÃO AQUECE NEGÓCIOS

A 11ª Feira Norte/Nordeste de Panificação (Fennopan), que aconteceu entre os dias 12 a 14 de setembro, no Centro de Convenções de Olinda Pernambuco, foi sucesso de público e de negócios, segundo o presidente da Associação das Indústrias de Panificação de Pernambuco (AIPP) Fernando Alves Júnior “este ano a feira superou todas as expectativas movimentando cerca de R$ 2,5 milhões em negócios, com um total de 80 expositores nacionais e internacionais e cerca de 10 mil visitantes”, o mesmo também se referiu ao fortalecimento e crescimento do setor “a região nordeste despertou para estes eventos, visto que no setor de panificação a cultura de feira era uma exclusividade da região sul-sudeste, nestes onze anos de existência, houve uma grande evolução e profissionalismo por parte de toda a cadeia produtiva, de logística e comercialização que tornou o evento o canal de enlace para oportunidades de serviços e negócios”. Atualmente em Pernambuco são mais de 2 mil indústrias do segmento, que buscam se modernizar nas áreas de tecnologia, produtos e serviços para garantir o aumento de consumo de pão na região, lembrando que os lucros do setor de panificação correspondem a cerca de 3% do PIB nacional. Considerado o maior e melhor evento de negócios do setor de panificação em Pernambuco durante os três dias de evento, os visitantes e empresários puderam observar, conhecer e degustar os novos lançamentos para o mercado consumidor entre os destaques os estandes da Padeirão, Recife Mercantil, Vitoppan, Predileto Alimentos, Moinho Motriza, M. Dias Branco, Grande Moinho Cearense, etc. O evento também foi palco de 21 cursos e palestras ministradas por empresas expositoras e pelo Sebrae, destaque para o Senai que esteve presente com sua Unidade Móvel ministrando cursos de pães especiais com fabricação na hora.

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Quinta Regional da Bolsa de Valores de São Paulo

A Bovespa inaugurou quinta-feira (30/09), JCPM Trade Center a quinta Unidade Regional Recife, segunda sede a ser instalada no Nordeste, a unidade prestará atendimento às demandas de investidores, corretoras e empresários em toda a região e estará localizada na Avenida Agamenon Magalhães, 2.656, bairro Espinheiro - (tel. 3241-8800), sendo comandada por José Peregrino Neto, gerente Regional da Bolsa em Pernambuco.
Entre os convidados, diversas autoridades do meio econômico, político e empresarial, destaques para o prefeito João Paulo, o presidente da Ancor, Paulinho Botelho, o deputado federal Maurício Rands, o senador Marco Maciel e do presidente da Bovespa, Raimundo Magliano Filho.
Em seu discurso de apresentação e, o presidente da Bovespa, Raimundo Magliano, falou sobre o porquê da nova unidade regional. “Nosso objetivo é de esclarecer e educar o investidor para que ele possa colocar o mercado de ações como alternativa dentro da sua agenda de investimento, e assim popularizar o mercado de capitais, dando acesso ao pequeno investidor, ao trabalhador e às famílias”.
Dentro do evento destaque também para a palestra proferida pelo diretor de Marketing da Bovespa, Luiz Abdal, mostrando dados da bolsa de valores, explicando detalhadamente como funciona o mercado de ações, assim como a apresentação de alguns programas desenvolvidos pela empresa como o "Bovespa vai até Você", destinado à popularização do mercado de capitais, e o “Mulheres em ação” destinado as mulheres do núcleo familiar para capacitá-las como investidoras no mercado de capitais, para ele o Recife é um ponto estratégico para o mercado por ser uma ponte aérea com a Europa além do potencial e importância econômica que possui, dentro do cenário nacional.

EDIFICIO MARIA ÃNGELA LUCENA

A Avenida Boa Viagem, esse será o endereço do Edifício Maria Ângela Lucena da (Queiroz Galvão), o empreendimento que terá heliponto, sala de massagem, spa e cinco vagas na garagem, contará com 39 apartamentos de 401 m², um por andar, mais cobertura duplex com 800 m², no total 3.800 metros quadrados de terreno numa das áreas mais valorizadas do nordeste.

O edifício será construído no mesmo endereço onde ficava o Hotel Boa Viagem, segundo o superintendente da Queiroz Galvão, Frederico Pereira “ O prédio terá vista para o mar mudando completamente a paisagem do quarteirão e valorizando todo o entorno, além disso, os moradores terão garantia de privacidade total, o que praticamente não se consegue mais em Boa Viagem, porque os edifícios são colados uns nos outros”. O prédio será equipado com quatro elevadores (um deles panorâmico), piscinas adulto e infantil, mirante, sala de ginástica, spa, duas salas de massagem, sauna, solarium, espaço zen, cascata, área de leitura e sala de estar para motoristas.

Cada apartamento terá quatro suítes todas de frente para o mar (sendo uma master de 50 m² com dois banheiros, estar íntimo e closet), sala para seis ambientes, varanda em L, espaço gourmet e duas dependências de empregados, a Queiroz Galvão oferece ainda o Personal Touch, serviço através do qual o cliente personaliza o apartamento, desde a escolha dos pontos de energia às louças e pisos, destaque para o projeto de paisagismo e arquitetura assinados por Luiz Vieira, Augusto Reynaldo e Florilson Tabosa apostando na valorização de plantas tropicais, que batizam o Jardim da Paqueviras, Jardim das Helicônias e Jardim das Papoulas, espaços intercalados por palmeiras e pitangueiras outro luxo singular e de conforto e requinte é o lago com carpas, que se estenderá até o hall, onde por meio de um piso de vidro, do hall de entrada as pessoas poderão ver as carpas.

O lançamento foi realizado no Espaço Splendid, lounge local da obra para comercialização das unidades, com coquetel assinado por Sofía Lins do LA cousine a festa teve direito a recital do pianista pernambucano Vitor Araújo, de 17 anos. Considerado umas das grandes revelações da música no Estado, executando peças de Heitor Villa-Lobos e canções de Chico Buarque e Luiz Gonzaga.

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

15° Agrinordeste em Pernambuco

Pernambuco foi sucesso na 15° Agrinordeste o Maior seminário da agropecuária nordestina, esteve marcado pela diversidade de temas e uma maior interação entre seus participantes, o encontro anual que é realizado pela Federação de Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe), aconteceu no Centro de Convenções de Pernambuco em Olinda, de 22 a 31 de setembro, reunindo especialistas de todo País. Este ano, além das palestras, os congressistas conferiram três exposições - flores, caprinos e camarão - em paralelo ao evento e participaram de oficinas de arranjos florais. O evento analisou oito grandes áreas temáticas como Turismo Rural, Bovinocultura de Leite, Apicultura, Caprino-ovinocultura, Aquicultura, Floricultura, Fruticultura e Atualidades, ao todo foram mais de 60 painéis com temas voltados para o interesse do setor.
No referente à expectativas dos organizadores o evento conseguiu reunir 3 mil participantes este ano superando o estimado de 2.5 mil participantes, para o presidente da Faepe, Pio Guerra um dos segmentos que mais atraiu atenções foi o Turismo Rural, considerado promissor, mas carente de investimentos e de uma melhor infra-estrutura. Os presentes do encontro puderam discutir o Turismo no meio rural e as oportunidades de negócios, Turismo pedagógico, Planejamento e implantando restaurantes rurais, Artesanato como recurso turístico e, de quebra, painéis sobre Paisagismo rural e Organização dos destinos turísticos.
O evento contou ainda com os destaques das palestras do presidente do Sindaçúcar, Renato Cunha, intitulada Canal do Sertão: Canal da Agroenergia em Pernambuco; Cana Transgênica, da palestra Projeto Genoma da Cana, ministrada pela pesquisadora Maria Cristina Falco, especialista em Biotecnologia do Centro de Tecnologia Canavieira, da palestra Ações institucionais para o mercado de flores, que terá à frente o presidente do Instituto Brasileiro de Flores, Kees Schoenmaker e da palestra o Agronegócio do Vinho do Nordeste Brasileiro, com o presidente da Boticelli e da Valexport (Associação dos Produtores e Exportadores de Frutas e Horigranjeiros do Vale do São Francisco), José Gualberto Almeida.
Outro ponto forte foi a novidade da introdução da Cozinha Interativa AGRINORDESTE destacando duas das principais cadeias produtivas apoiadas pela FAEPE, carcinicultura e caprino-ovinocultura. Foram convidados seis renomados chefes de cozinha Douglas Van Der Ley, Hugo Prouvot, Alessandra Vasconcelos, Leandro Ricardo, Cláudia Freyre e César Santos, para elaborarem pratos originais de degustação de camarão e cabrito, valorizando os animais e demonstrando “in loco” o processo de preparação. No local, estavam reunidas, em 06 apresentações, cerca de 240 pessoas formadoras de opinião, como editores de gastronomia e economia de televisão, revistas e jornais de grande circulação, proprietários de restaurantes, buffets, hotéis e frigoríficos.
Em entrevista cedida ao Mundo Latino o presidente da Faepe, Pio Guerra se referiu ao processo de evolução do setor "A tecnologia e o conhecimento de mercado tornam competitiva a atividade agropecuária. É impossível competir sem haver desenvolvimento tecnológico, e a Agrinordeste proporciona essas informações", ressaltou.

COMPESA FAZ ANIVERSÁRIO E LANÇA PRÊMIO DE JORNALISMO

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) fez 36 anos, mêspassado (27.08), em evento comemorativo ao aniversário na Usina Dois Irmãos, a empresa anunciou a criação do prêmio “Desafio das Águas”, com o objetivo devalorizar produções jornalísticas que tenham como enfoque a temática daágua, e partindo da necessidade de promover a conscientização social para os cuidados com a preservação, o combate ao desperdício e o uso racional da água, posto que segundo informações da Agência Nacional de Águas ( ANA), Pernambuco tem a pior disponibilidade hídrica do Brasil. O evento contou com a participação do governador Eduardo Campos que assinou o protocolo de intenções oficializando a criação do prêmio, assim como do Secretário de Recursos Hídricos e Presidente da Compesa João Bosco de Almeida, no total, cerca de R$ 25 mil serão distribuídos para os trabalhos vencedores, em diversas categorias, o regulamento com os detalhes será disponibilizado no site daCompesa e do Governo do Estado. Para Bosco, a criação do prêmio objetiva um maior alcance das ações deconscientização. “Acreditamos que, através do trabalho dos jornalistas, podemos alcançar um público maior e mais diversificado e incentivarmudanças de comportamento em relação ao uso da água como também a importância do envolvimento da população pernambucanacom a questão hídrica”. “Além das grandes obras que estamos realizando emtodo o Estado para a melhoria no abastecimento de água, é necessáriotambém investirmos na conscientização da população para evitar odesperdício de água e a poluição de nossos mananciais”, destacou. Para a realização do concurso, a Compesa conta com parceiros como aSecretaria de Recursos Hídricos, à qual está vinculada, e o Sindicato dosJornalistas de Pernambuco (SinjoPE), que coordenou a elaboração doregulamento e será responsável pelo processo de recebimento dos trabalhosconcorrentes e pela atuação da comissão julgadora. Também são parcerias aAssociação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRH), a Associação Brasileirade Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) e a Associação Brasileira deÁguas Subterrâneas (ABAS).

terça-feira, 11 de setembro de 2007

HIPERTENSÃO

XV CONGRESSO BRASILEIRO DE HIPERTENSÃO

A capital do frevo recebeu o XV Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão, de 16 a 18 de agosto de 2007. Repetindo o sucesso de 1995, quando Pernambuco sediou o evento na sua IV edição, desta vez além da ampla atualização científica, o visitante teve a oportunidade de conhecer e se divertir nos pontos turísticos da região, aproveitando as belíssimas praias, apreciando nossa gastronomia e a cultura popular nordestina. Sucesso total, de público e de extraordinária programação científica o presidente Hilton Chaves, assumiu o papel de mestre de cerimônia na solenidade de abertura do evento e agradecendo a todos os que compareceram ao evento, no seu discurso sobre o contexto político e social do país o mesmo disse que mais do que combater as doenças do corpo, "é preciso combater as doenças da alma". "A mais urgente necessidade do ser humano é tornar-se um ser humano", também destacou o trabalho cientifico que permitiu aos profissionais e estudantes debates esclarecedores e apresentações de casos para estarem mais preparados para diagnosticar e tratar melhor a hipertensão arterial. Dentro das homenagens o prêmio a imprensa Pernambucana com a entrega de uma placa comemorativa, pelo seu papel no auxílio à prevenção e controle da hipertensão, através de matérias esclarecedoras para sociedade, outro destaque foi a palestra proferida pelo presidente do Conselho Consultivo da Philips no Brasil e na América Latina, o pernambucano Marcos Magalhães, que permitiu aos presentes sair da mesmice referente a urgência de uma política de educação pública de qualidade para o país, frisando de modo contundente e para aplausos e delírio dos que o ouviam disse “Educação pública de qualidade NESTE PAÍS só por meio da iniciativa privada que reduz as desigualdades sociais e ampliar a renda dos brasileiros de modo verdadeiro real e sem demagogia político partidária ou eleitoreira".